DESTINO FINAL

28 de jul de 2009

8 Curiosidades sobre Martinho Lutero

1. O nome verdadeiro de Lutero era Martin Luder. Foi ele que, mais tarde, mudou seu próprio nome (que mania desse povo famoso de mudar o nome!) para Luther.

2. A família de Lutero era bem de vida. Seu pai trabalhava com cobre, possuía muitas terras e emprestava dinheiro a juros. Ele queria que Lutero fosse advogado (dizem que ele virou monge para fugir de um casamento), mas ele não quis.

3. A maioria dos historiadores afirma que a cena de Lutero pregando suas 95 teses no Castelo de Wittenberg em 1517 é falsa (glup! Eu sempre achei que fosse verdadeira!). Lutero nunca citou esse fato e não existem relatos de outras pessoas desse acontecimento. Na verdade, ele enviou as teses para alguns bispos e amigos.

4. Lutero traduziu o Novo Testamento do grego para o alemão em apenas 11 semanas (rápido demais!), publicando-o em 1522. Ele era muito prolixo (falava muito), escrevendo em média 1.800 páginas por ano. No decorrer do tempo (Lutero já idoso), ele foi tornando-se menos polido (educado) em seus escritos. Chamava os turcos de “diabos”, os judeus de “mentirosos” e Roma de a cidade cercada de “teólogos-porcos” (isso só prova que idosos são como crianças: falam o que pensam).

5. A esposa de Lutero, Katharina von Bora, era 16 anos mais nova do que ele. Era ela quem administrava toda a casa, inclusive financeiramente. Talvez seja por isso que Lutero apelidou-a de “Mr. Käthe” – “Senhor Käthe”. Sua capacidade de gerenciamento pode ser comprovada pelo fato de que moravam com o casal em 1529: seis filhos, um parente de Katharina, seis dos sobrinhos de Lutero e alguns estudantes (e ela ainda tinha tempo para cuidar do jardim e fazer cerveja, que a propósito, Lutero gostava muitíssimo).

6. O casamento de Lutero foi uma surpresa até para seus amigos mais próximos. Philipp Melanchthon, um de seus mais colegas chegados (tão próximo que sequer foi convidado para o casamento), chegou a escrever em 1525: “inesperadamente Lutero casou-se com Bora, sem nem mesmo mencionar seus planos para seus amigos.” Muitos dos amigos do reformador achavam que Lutero não devia se casar por causa da castidade.

7. Lutero pode ser classificado como anti-semita (como cristão, odeio confessar isso!). Em 1523, apresentou um tom conciliatório (é o que dizem os historiadores, mas ao ler alguns trechos da obra, discordo) em sua obra “Jesus nasceu judeu”. Mas em 1543, Lutero escreveu um livro totalmente anti-semita chamado “Os Judeus e suas Mentiras” (eu tenho uma cópia em PDF em inglês, mas nunca consegui ler todo). No livro ele chega a recomendar que os judeus sejam privados de dinheiro, direitos civis, educação religiosa e em geral, e que sejam obrigados a trabalhar a terra, caso contrário deveriam ser expulsos da Alemanha. E o livro deu cria! Durante a Segunda Guerra, o Terceiro Reich sempre citava trechos dos trabalhos anti-semitas de Lutero para convencer a população do extermínio dos judeus.

8. Lutero sofria de reumatismo, pedras nos rins e angina peitoral. Ele também era meio hipocondríaco, pois comparava um punhado de remédio para suas doenças. Além disso, ele era obeso. Estima-se que ao morrer, ele pesasse uns 150 quilos.

Referências bibliográficas:

Martin Luther -
Disponível em: http://www.luther.de/en/Archaeologists Unveil Secrets of Luther's Life - by Mattias Schulz -Revista Spiegel Online, 21/out/2008 -

Disponível em: http://www.spiegel.de/international/germany/0,1518,586847,00.html

Portas Abertas Brasil - Os Cristaos perseguidos no mundo.

Portas Abertas Brasil - Os Cristaos perseguidos no mundo.
"Onde ter fé em Cristo significa morrer por ela!"

Open Doors - Deutschland

Open Doors - Deutschland
Verfolgte Christen Weltweit - Gefährlicher Glaube

Sponsor a Child/Ajude uma Crianca.

Sponsor a Child/Ajude uma Crianca.
"Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber." (Atos 20 : 35)