DESTINO FINAL

6 de jul de 2009

A Dispensação Pentecostal - UMA HERESIA

A atual “dispensação cristã” nao é o clímax do cumprimento de todos os propósitos e bênçãos divinas sobre a terra, na verdade „é uma heresia“ pela qual os Pais latinos prepararam a apostasia romanista (conforme a teologia de Agostinho de Hipona) e se auto - denominaram “Santa Madre Igreja Católica”.

Essa heresia tem permeado de tal maneira a teologia da Cristandade (principalmente nas seitas neopentencostais dos séculos 20/21) que esse povo “cheio do Espírito Santo”, acredita erroneamente que todos os julgamentos e ais se destinam única e exclusivamente aos judeus, enquanto as visões de bem-aventuranças se destinam ao triunfo espiritual da atual „Igreja“.

Certa vez, numa classe de Escola Dominical, escandalizei o professor e os colegas, quando afirmei, categoricamente, que a igreja protestante/evangélica não é e nunca foi “o Israel de Deus”. Tanto que colocam erradamente a "presente dispensação" como o cumprimento das profecias de bênçãos terrenas, e infelizmente os cristaos nao mais se apegam à “bem-aventurada esperança”, da qual nos fala Tito 2:13, por causa dessa heresia.

Os propósitos divinos revelados para a terra estão relacionados ao "Seu povo terreno" e a sua realização aguarda o “final dos tempos dos gentios”, cujo poder terreno - transferido de Jerusalém para a Babilônia há 25 séculos - continua até hoje nas mãos dos gentios. Mas até que sejam consumados “os tempos dos gentios”, o Reino de Cristo não será estabelecido, o que prova a falácia da Teologia do Reconstrucionismo, tão adotada pelos líderes das seitas neopentecostais. A “Dispensação Pentecostal (não nos referimos à denominação pseudopentecostal, mas à verdadeira, vigente nos dois primeiros anos após o Pentecostes) poderia ter conduzido o "povo de Deus" a um grande evento. Mas em razão da constante apostasia de Israel, consumada em sua rejeição ao Messias Jesus Cristo, essa dispensação do comeco no livro de Atos "entrou em compasso de espera".

O assassinato de Estevão foi uma resposta dos importantes líderes judeus à inspirada proclamação apostólica do perdao divino. Estevão foi o mensageiro enviado cheio do Espírito Santo, "E Estêvão, cheio de fé e de poder, fazia prodígios e grandes sinais entre o povo." (Atos 6 : 8), mas como que em nome do rei Herodes, respoderam: “Não queremos que esse homem (JESUS) reine sobre nós”, e entao o assassinaram.

Logo depois, o Apóstolo dos Gentios, antes Saulo, que havia consentido na morte de Estevão, recebeu a comissão divina e por meio de agora entao Paulo, é que foram reveladas as grandes verdades do “mistério” da atual dispensação, „verdades“ que haviam, até então, sido mantidas em segredo, nenhuma delas tinha sido revelada no Velho Testamento. Elas constituem o “mistério” do Reino da Graça, o qual é, certamente, incompatível com o governo terreno divino da retidão, expressamente declarado no Velho Testamento para ISRAEL.

O “mistério da Igreja” - o corpo de Cristo, que é uma relação celestial com uma glória celestial - refere-se à época especial da Vinda do Senhor para os seus, a qual conduzirá esta "dispensação da graca" ao seu término. Reconhecer-se como um pecador indigno de salvação; aceitar pela fé o sacrifício de Cristo na cruz, nEle confiar plenamente e viver uma vida reta por amor do Seu Nome, é tudo que um cristão deve fazer para ficar em paz com Deus (Romanos 5:1) e aguardar confiantemente a Sua gloriosa vinda.

No final da Dispensação da Graça* atual, a legítima a Dispensação Pentecostal do início do livro de Atos será restaurada. Seu estágio inicial incluirá entao o cumprimento da profecia de Joel mencionada por Pedro em Atos 2:16 e seguintes.

(* a partir daqui entao, e até a consumação dos tempos dos gentios, não haveria revelações do tipo mencionado em Joel 2:28-32, como tem sido propagado pelos segmentos “pentecostais” da atualidade).

Esse retorno à "Dispensação Pentecostal verdadeira" será marcado pelas mais terríveis perseguições que o povo de Deus jamais terá sofrido na terra (Mateus 24:21,22). Quem aplica o Livro de Mateus aos gentios do período da atual "Dispensaçã da Graca" está perdendo a maravilhosa mensagem "das boas novas". Mateus está destinado exclusivamente ao "povo de Deus" ISRAEL. E quem usa e abusa do Velho Testamento, como os pastores malaquianos, aos gentios, é um incompetente no assunto, quando não um tremendo criador de heresias com o fito de enriquecer à custa dos crentes preguiçosos, que se plantam diante da “deusa TV”, com a mesma devoção dos católicos por “Maria Santíssima”.

Depois que o „Pentecostalismo falso“ foi criado, começaram os desmandos na igreja do Senhor, com novidades cada vez mais esdrúxulas, como: glossolalia, risos, fanerose, êxtases, violência no louvor, tudo atribuído ao poder do Espírito Santo, quando, na realidade, são apenas expressões carnais, que jamais conduzem à verdadeira piedade.

Breve voltará a ser cumprido o „legítimo Pentecostalismo do livro de Atos,“ e pena para os que ficarem por nao terem dado crédito à verdade e aguardado em SANTIFICACAO „pela bendita esperanca da noiva“ quando, então, já não existirá a Igreja na terra que será retirada juntamente com aquele que agora impede o aparecimento do „iníquo“. Nesse tempo, entao haverá necessidade da profecia de Joel se cumprir cabalmente, conforme aconteceu apenas por um breve período, no nascimento da igreja judaica/cristã.

Trechos adaptados do cap. 8 do livro “The Honour of His Name”. (Notas e Enfases adicionadas)

Portas Abertas Brasil - Os Cristaos perseguidos no mundo.

Portas Abertas Brasil - Os Cristaos perseguidos no mundo.
"Onde ter fé em Cristo significa morrer por ela!"

Open Doors - Deutschland

Open Doors - Deutschland
Verfolgte Christen Weltweit - Gefährlicher Glaube

Sponsor a Child/Ajude uma Crianca.

Sponsor a Child/Ajude uma Crianca.
"Mais bem-aventurada coisa é dar do que receber." (Atos 20 : 35)